27/03/2017 09h20

Gastronomia da Unigran recebe visita do chef Ivo Lopes

Eleito duas vezes, em 2014 e 2015, Chef 5 Estrelas do Prêmio Bom Gourmet, Ivo Lopes esteve em Dourados e conheceu a estrutura do curso de Tecnologia em Gastronomia da UNIGRAN. Os acadêmicos prepararam diferentes pratos durante uma atividade para o chef degustar e avaliar.

Pernambucano criado no Rio de Janeiro, Ivo Lopes começou na cozinha aos 14 anos, consolidou sua reputação em São Paulo, mas tem uma antiga ligação com Curitiba, onde esteve à frente de cozinhas como a do Terra Madre, do premiado La Varenne e hoje do Alessandro & Frederico.

Sobre a profissão, Lopes afirma que "ser chef é para poucos". "Eu digo que somos bons cozinheiros. O chef é pela sua história na Gastronomia, tenho 25 anos na área, além de ter muita hierarquia e respeito por cada profissional. É necessário trabalhar muito e, quando as pessoas perceberem que você manda bem e te nomearem, ai você pode seguir como chef", comenta.

O chef ressalta que é um mercado que cresceu e cresce muito. "Mexemos com a emoção, sensações e sentidos das pessoas, é uma profissão muito bacana. É importante fazer sempre com amor e carinho, não existe comida ruim, existe comida mal feita", considera.

Ao conhecer a Instituição e conversar com os estudantes, Ivo Lopes, destacou os cuidados no preparo dos pratos e a estrutura. "Achei maravilhoso, os alunos estão muito bem, me impressionaram. Estamos falando de uma cidade bem longe dos grandes centros e das grandes faculdades de Gastronomia, mas a estrutura me surpreendeu muito, ter uma sala de panificação e confeitaria com ar condicionado, enfim, estão muito bem de equipamento e estrutura", constata.

O curso de Gastronomia da UNIGRAN é pioneiro e o único no Mato Grosso do Sul. O coordenador Marlon Libório comemora a visita. "Essa visita foi muito importante, pois o chef Ivo é referência na mídia, está em ascensão e os alunos ficaram muito animados para apresentar um prato para provar e avaliar", menciona.

Para o acadêmico Laudir Antônio Munaretto, "a cidade ganha com a presença dele trazendo novas opções da culinária brasileira e mundial. Acredito que Dourados será uma antes e outra depois do curso de Gastronomia na UNIGRAN".

O Progresso

Vídeos

  • Diretor de escola é esfaqueado por aluno em Naviraí
  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz

Agenda

Publicidade