06/09/2016 08h20

Em busca de identidade, Brasil repete time pela primeira vez contra Colômbia

No oitavo jogo da equipe no torneio, Tite mantém escalação de sua estreia e dá corpo à ideia do capitão Daniel Alves: recriar a identidade que a Seleção perdeu no tempo


Fique atento para algo inédito na partida desta terça-feira entre Brasil x Colômbia, às 21h45 (horário de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus, com transmissão ao vivo da TV Globo, do SporTV e, a partir das 20h, do GloboEsporte.com

Pela primeira vez nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a seleção brasileira terá a mesma escalação em duas partidas consecutivas. Não por acaso, as duas primeiras de Tite no comando, o que simboliza a busca pela criação de uma identidade nessa nova etapa.

A manutenção da formação se respalda pela estreia da semana passada, a vitória por 3 a 0 sobre o Equador, em Quito. O desempenho foi muito melhor do que jogadores e comissão técnica esperavam, e Tite quer aproveitar o momento de sintonia. Enquanto os atletas atribuem ao treinador e seus auxiliares a imposição de um estilo de jogo, eles, por sua vez, elogiam a rapidez com que o grupo assimilou as ideias.

Esses conceitos independem de escalação. O “jogo apoiado” que Tite tanto pede, baseado em triangulações, posse de bola, na compactação e participação de todos tanto na armação ofensiva quanto no sistema defensivo, serão foco com quaisquer jogadores em campo.

Mas na situação delicada que a equipe ainda vive na tabela, onde, apesar de estar a dois pontos da Argentina, que lidera a corrida pelo Mundial-2018, se encontra apenas na quinta colocação, manter os jogadores que obtiveram um êxito tão precoce ajuda a fortalecer a criação da identidade dessa nova seleção brasileira.

– A Seleção tem um grupo muito promissor, com muita fome de resultado, de recriar uma identidade que sempre teve. E todos estamos hoje muito felizes pelo grupo que temos. Há muito tempo eu não sentia essa sensação que tenho com esse novo grupo, que, apesar da idade e de ter jogadores estreantes, parece que se conhece de toda vida. Estamos lutando para ganhar uma estabilidade, uma identidade para que o torcedor possa se identificar com os jogadores que aqui estão. Esse é nosso maior objetivo – afirmou o lateral-direito Daniel Alves, capitão em Manaus.

Veja abaixo as escalações do Brasil até agora nas eliminatórias, e depois a ficha técnica da partida desta noite:
2015
8/10 - Chile 2x0 Brasil: Jefferson, Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Elias, Oscar, Willian e Douglas Costa; Hulk.
13/10 - Brasil 3x1 Venezuela:Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Oscar, Willian e Douglas Costa; Ricardo Oliveira.
13/11 - Argentina 1x1 Brasil: Alisson, Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Lucas Lima, Willian e Neymar; Ricardo Oliveira.
17/11 - Brasil 3x0 Peru: Alisson, Daniel Alves, Gil, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias e Renato Augusto; Willian, Douglas Costa e Neymar.
2016
25/3 - Brasil 2x2 Uruguai: Alisson, Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho e Renato Augusto; Willian, Douglas Costa e Neymar.
29/3 - Paraguai 2x2 Brasil: Alisson, Daniel Alves, Gil, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho e Renato Augusto; Willian, Douglas Costa e Ricardo Oliveira.
1/9 - Equador 0x3 Brasil: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus.
FICHA TÉCNICA
BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite
COLÔMBIA: Ospina, Árias, Óscar Murillo, Jeison Murillo e Díaz; Sánchez, Pérez, Celis, Cuadrado e James Rodríguez; Bacca. Técnico: José Pekerman
Data: 6/9/2016 Horário: 21h45 (de Brasília) Local: Arena da Amazônia, em Manaus-AM Árbitro: Patricio Lousteau (ARG) Auxiliares: Iván Nuñez e Gustavo Rossi (ARG) Transmissão: TV Globo, SporTV e GloboEsporte.com. O site abre sua transmissão às 20h, e também acompanha em Tempo Real.

Globo Esporte

Vídeos

  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz
  • Juvenil CTG Recanto da Laguna 27º FEGAMS

Agenda

Publicidade