18/09/2018 10h24

A partir do próximo domingo, Anatel inicia processo de bloqueio de celular pirata em MS

Aparelhos irregulares começam a receber mensagens do bloqueio a partir de domingo em MS e mais 8 estados

A partir do dia 23, usuários de aparelhos piratas vão começar a receber mensagens da Anatel alertando do bloqueio.


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) inicia no próximo domingo (23) o processo de bloqueio de celular pirata em Mato Grosso do Sul e mais oito estados (Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Tocantins, Rondônia e Acre).

De acordo com a Anatel, as mensagens aos usuários de aparelhos irregulares serão encaminhadas a partir de 23 de setembro e o bloqueio dos aparelhos a partir de 8 de dezembro. Nesses estados, a medida vale para aparelhos irregulares habilitados a partir de 23 de setembro de 2018. Quem possuir aparelhos irregulares habilitados antes no dia 23 de setembro não será desconectado.

A primeira etapa do bloqueio iniciou no dia 9 de maio no Distrito Federal e Goiás.

PRÓXIMOS BLOQUEIOS

Estados da região Nordeste e demais estados da região Norte e Sudeste, incluindo São Paulo, o encaminhamento de mensagens aos usuários será a partir de 7 de janeiro de 2019 e impedimento do uso dos aparelhos irregulares a partir de 24 de março de 2019. Nesses estados, a medida vale para aparelhos irregulares habilitados a partir de 7 de janeiro de 2019.

COMO SABER SE O CELULAR ESTÁ IRREGULAR

Para encontrar o número de IMEI do celular, o consumidor pode procurar na caixa do aparelho; procurar em um adesivo que fica por trás da bateria; ou digitar *#06# no celular e apertar a tecla para ligar.

DÚVIDAS

Quem tiver dúvida sobre a situação da identificação do celular, é possível consultar o código no site Consulta Celular Legal, uma página exclusiva criada pela Anatel para o processo.

PERIGOS À SAÚDE

De acordo com a Agência, aparelhos irregulares podem ser perigosos para a saúde do usuário por apresentarem grande quantidade de chumbo e cádmio, não possuírem garantias em relação a limites de radiações eletromagnéticas e utilizarem materiais de baixa qualidade, como baterias e carregadores mais sujeitos a quebras. Além disso, eles tendem a apresentar problemas de queda de chamadas e falhas na conexão de dados.

A Anatel ressalta que os celulares comprados no exterior vão continuar funcionando no Brasil, desde que sejam certificados por organismos estrangeiros de certificação equivalentes à agência reguladora. Não serão apontados como irregulares os equipamentos adquiridos por particulares no exterior que, apesar de ainda não certificados no Brasil, tenham por origem fabricantes legítimos.

94 Fm Dourados

Vídeos

  • Acompanhamento de safra do milho com João Firmino, Presidente do Sindicato Rural
  • Presidente do Sindicato Rural fala sobre atraso da Colheita devido a chuva
  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna

Agenda

Publicidade