16/10/2019 16h40

Plantio da soja em Laguna Carapã/MS está até 30% atrasado e prejuízo deve se estender para milho safrinha 2020

Até o momento, apenas 20% das áreas foram semeadas contra 50% da safra passada neste mesmo período. Primeiras áreas plantadas devem precisar de replantio, mas expectativa é encerrar trabalhos ainda dentro da melhor janela para a oleaginosa, até o final de outubro.

 

Até o momento, menos de 20% da área destinada ao cultivo da soja na safra 2019/20 foi plantada em Laguna Carapã no Mato Grosso do Sul. No mesmo período do ano passado, esse índice já era de 50% e o atraso se dá pela falta de chuvas na região.

Segundo o produtor rural Jonas Veiga Oliveira, partes do município receberam precipitações nesta segunda-feira (14) e os trabalhos devem ser retomados a partir de agora. A expectativa é de que tudo esteja finalizado até o final de outubro, ainda dentro da melhor janela para o cultivo da soja.

A preocupação então fica por conta da segunda safra de milho em 2020, uma vez que o plantio da soja já deveria estar se encerrando para garantir uma boa janela de cultivo ao cereal no ano que vem.

Em meio a esse atraso, o produtor da região aproveita os preços em alta para negociação da soja. Nesta semana a saca chegou em até R$ 76,30, o maior preço do ano, e um patamar que garante rentabilidade para uma produtividade maior do que 50 sacas por hectare.

Noticias Agrícolas

Vídeos

  • Entrevista com Jonas Veiga Oliveira - Produtor Rural em Laguna Carapã/MS
  • Informativo Câmara 01
  • Informativo Câmara

Agenda

Publicidade