29/05/2018 10h40

Sociedade lagunense adere ao movimento dos caminhoneiros e pede redução de impostos

Fotos: Laguna News Comércio de Laguna fechou as portas em apoio aos caminhoneiros

O comércio de Laguna Carapã aderiu em peso à convocação de fechar as portas às 15h desta segunda-feira. Poucos foram os estabelecimentos que não adotaram ao movimento, em apoio aos caminhoneiros.

Este é o quarto ato realizado pela sociedade civil organizada de Laguna em apoio ao movimento dos caminhoneiros. Desde quinta-feira (24) produtores rurais se uniram aos caminhoneiros e tomaram as laterais da rodovia MS 379 na entrada do município, próximo ao entreposto da Coamo, onde desde então caminhoneiros e produtores rurais estão mobilizados contra o preço elevado de combustíveis e a alta taxa tributária do país.

No sábado (26) produtores rurais promoveram um tratoraço pelas ruas da cidade, que foram acompanhados por caminhoneiros e a população em geral que, apesar do pouco combustível, percorreram as ruas da cidade com tratores, motos, caminhões e carros, quem não pode participar do tratoraço, saiu à frente das casas mostrando apoio ao movimento.

No domingo (27) a população se reuniu na entrada da cidade, de onde partiram em caminhada rumo ao local onde os caminhoneiros estão mobilizados, levando água e mantimentos, onde promoveram um café da manhã com os manifestantes.

E nesta segunda-feira foi a vez do comercio aderir ao movimento e se unir aos caminhoneiros. O manifesto foi organizado pela Acelc (Associação Comercial e empresarial de Laguna Carapã), e foi seguida pela maioria dos comércios da cidade, que fecharam suas portas das 15h às 17h em sinal de protesto contra o preço do combustível, a carga tributária e a corrupção.

Com mensagens nos grupos de Whats App os comerciantes lagunenses informaram a população que iriam fechar as portas das 15h às 17h como forma de apoiar o movimento iniciado pelos caminhoneiros e que tem ganhado adeptos de todos os setores Brasil a fora.

Pelo Whats App também, circulou uma mensagem de que o prefeito Itamar Bilbio determinou o fechamento dos setores da Prefeitura em apoio ao movimento, com exceção das Secretarias de Saúde e de Educação que continuaram atendendo normalmente.

 









 

Redação Laguna News

Vídeos

  • Acompanhamento de safra do milho com João Firmino, Presidente do Sindicato Rural
  • Presidente do Sindicato Rural fala sobre atraso da Colheita devido a chuva
  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna

Agenda

Publicidade