19/11/2018 08h40

Ventos de 70 Km deixam rastros de destruição no Sul do MS

Laguna ficou mais de 4 horas sem energia elétrica.

 

O temporal que atingiu a região Sul do MS na tarde deste domingo (17/11) causou diversos estragos na região.

Torres da Linha de Transmissão de energia cairam e deixaram Laguna Carapã mais de 4 horas sem energia elétrica. Os cabos da rede ficaram sobre a Rodovia MS 379, que liga Laguna Carapã à Dourados, interditando o trânsito na rodovia, que ficou bloqueada até o isolamento dos cabos, para proporcionar segurança aos usuários da via.

Na cidade de Laguna Carapã foram registradas quedar de árvores e galhos, e algumas residências chegaram a ter os telhados prejudicados pela ação do vento. Porém nada com muita gravidade. 

Na Fazenda Santa Catariana, de propriedade de Reginaldo de Paulo, o vento provocou estragos destelhando aviários e residências, o chão ficou cheio de telhas que foram arrancadas das benfeitorias, cadeiras que estavam na varanda da casa foram arremessadas.


Telhas foram arrancadas dos aviários na Fazenda Santa Catarina em Laguna Carapã.

 

 

Em dourados, Equipes da Defesa Civil e Secretaria Municipal de Serviços Urbanos continuam as atividades de organização dos estragos deixados pelo vendaval registrado ontem (17). Segundo a Defesa Civil, foram cerca de 30 árvores que caíram e 17 famílias com casas destelhadas no Estrela Porã e Esplanada.

De acordo com o coordenador Ademir Martins, 70% dos registros já foram atendidos, porém, ainda há muito trabalho nesta segunda.

“Priorizamos os pontos com maior impacto e fluxo de veículos. Hoje estaremos dando continuidade nos trabalhos”, explicou ao Dourados News.

Ademir contou que após a ventania de ontem foi preciso reunir todo o time da Defesa Civil juntamente com os servidores da Semsur. Cerca de 20 pessoas ficaram envolvidas nos atendimentos.

As regiões mais afetadas foram o Centro da cidade e o bairro BNH 3° Plano, conforme Ademir. Ainda ontem, o secretário Joaquim Soares, responsável pela Semsur, contou que os estragos foram grandes também no Jardim Água Boa, Vila Popular e Ecoville.

Com a queda das árvores, pelo menos quatro carros foram atingidos e nos bairros Estrela Porã e Residencial Esplanada, 17 famílias tiveram as casas destelhadas. Apesar dos estragos não houve feridos.

Segundo Ademir, os ventos alcançaram a média de 60 a 70 quilômetros por hora. O Guia Clima da Embrapa Agropecuária Oeste, plataforma que registra em tempo real todas as ações meteorológicas no município, está fora do ar desde o início da tarde de ontem (18).

 





Redação Laguna News com Dourados News

Vídeos

  • Acompanhamento de safra do milho com João Firmino, Presidente do Sindicato Rural
  • Presidente do Sindicato Rural fala sobre atraso da Colheita devido a chuva
  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna

Agenda

Publicidade