30/03/2017 13h21

Em julgamento por fraude, Pavão é absolvido e deve deixar a prisão este ano

Foto: ABC Color Momento em que Pavão chega para julgamento sobre fraude

Na manhã de terça-feira (28), o narcotraficante brasileiro, Jarvis Chimenes Pavão, 49, foi julgado sob a acusação de fraude ocorrida em 2013 na cidade de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz divisa com Ponta Porã e absolvido.

De acordo com o site ABC Color, Pavão completa no final deste ano, a pena de 8 anos em regime fechado acusado de lavagem de dinheiro e estará em liberdade.

Segundo o site o julgamento aconteceu no Grupo especializado, por medidas de segurança, em Assunção. A denúncia de fraude foi feita na época, pelo comerciante Víctor Ramírez Aguirre de 58 anos, após comprar de Jarvis um imóvel que nunca foi transferido, por conta de problemas judiciais de Pavão.

Segundo o jornal local, o caso havia sido levado para julgamento por um pedido do procurador Juan Carlos Blanco (já falecido), com a permissão do procurador adjunto Justiniano Cardozo, que a princípio seria uma forma de extraditar Pavão para o Brasil, que pode acontecer no fim do ano.

Na ocasião, os advogados de Pavão, Laura Casuso e Jorge Prieto apresentaram um acordo de conciliação feito no último dia 22 de março, com a vítima.

O acordo foi aceito pelo Tribunal de Sentença, que era presidido pelo juiz Santiago Núñez.

No julgamento o comerciante, Víctor Ramírez Aguirre, fez uma breve declaração para o juiz e afirmou que foi ressarcido totalmente e que não havia mais nada a reclamar de Jarvis. Diante dos fatos o juiz Núñez então fez o pedido de estisão do procedimento criminal.

Jarvis é considerado um dos maiores narcotraficantes da fronteira e cumpre pena em Assunção, no Paraguai. Ele é o principal suspeito de ter arquitetado a emboscada que resultou na morte de Jorge Rafaat, em junho do ano passado, na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero.

Dourados News

Vídeos

  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz
  • Juvenil CTG Recanto da Laguna 27º FEGAMS

Agenda

Publicidade