09/02/2017 13h29

Ex-candidata a vereadora de Aral Moreira é presa com 850 quilos de maconha em Laguna

Foto: Adalberto Domingos Cacia e Flávio na sede do DOF, em Dourados

A comerciante Cácia Bedin dos Santos foi flagrada por policiais do DOF batendo estrada para a carga; ela teve 44 votos em outubro

Helio de Freitas, de Dourados

 

Uma moradora de Aral Moreira, cidade a 364 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai, foi presa hoje (7) pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) acusada de envolvimento com um carregamento de 850 quilos de maconha.

Cacia Bedin dos Santos Ruiz, 27, foi candidata à vereadora pelo Partido da República na eleição do ano passado, mas só recebeu 44 votos e não conseguiu se eleger. Na página do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Cacia aparece como comerciante.

O slogan da campanha dela foi "Em defesa da saúde dos jovens". Cacia fez parte da coligação que apoiou o atual prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia (PR).

Ela viajava em um Fiat Uno vermelho e segundo a polícia fazia o trabalho de batedora para a carga de maconha que estava em uma caminhonete S10 branca. Flávio Ramires, 27, que seguia em outro Uno, cor cinza, também foi preso.

De acordo com o DOF, o comboio seguia por uma estrada vicinal no município de Laguna Carapã. Os dois batedores foram presos, mas o condutor da caminhonete com a droga jogou a S10 no mato e fugiu.

Cacia confessou que atuava como batedora do carregamento de maconha. Os dois estão sendo autuados em flagrante.

Campo Grande News

Vídeos

  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna
  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna na Fenart 2017
  • Invernada Mirim classificada pra final da fenart 2017

Agenda

Publicidade