19/11/2018 08h59

Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela

O traficante brasileiro Marcelo Pinheiro Fernando Veiga, o ‘Marcelo Piloto’, 43, foi expulso do Paraguai dois dias após assassinar com pelo menos 16 facadas, dentro da cela em que estava preso, em Assunção, Lidia Meza Burgos, 18.

Não há ainda informação para a penitenciária a qual ficará no Brasil.

De acordo com o jornal ABC Color, ele foi entregue às autoridades brasileiras por volta das 7h – horário do país vizinho – na Ponte da Amizade, que divide os países pelas cidades de Foz do Iguaçu (PR) e Cidade do Leste (PY).

Marcelo Piloto estava com o rosto coberto com um capuz e um helicóptero da Polícia Federal recebeu o brasileiro na fronteira.

No Paraguai, ele cumpria pena por homicídio e produção de documentos falsos e violação das leis de armas e, antes do crime cometido contra a jovem, só seria entregue às autoridades brasileiras após o julgamento das ações anteriores.

Conforme a imprensa paraguaia, a suspeita é que ele tenha cometido o assassinato para continuar no país.
Ainda ontem, o governo do Paraguai trocou a cúpula do Polícia Nacional por conta do episódio ocorrido no sábado.

ABC Color

Vídeos

  • Acompanhamento de safra do milho com João Firmino, Presidente do Sindicato Rural
  • Presidente do Sindicato Rural fala sobre atraso da Colheita devido a chuva
  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna

Agenda

Publicidade