05/10/2016 10h13

Prefeito eleito tem contas rejeitadas e Sapucaia terá novas eleições

Foto: Divulgação Rudi teve as contas rejeitadas

A cidade de Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai, terá novas eleições para prefeito. Eleito no domingo, Rudi Paetzold (PMDB) teve a prestação de contas da gestão 2009-20012, quando administrou o município, rejeitada pelo Tribunal de Justiça (TJ/MS).

Segundo o jornal Correio do Estado, novas eleições serão convocadas após decisão dos desembargadores nesta terça-feira (04). Rudi foi eleito novamente prefeito da cidade com 4.454 votos, 57,75% do total. Ele substituiria a atual prefeita Nilceia Alves de Souza (PR), do mesmo partido de Cleversom Bertelli, com quem Rudi disputava a prefeitura neste ano.

As contas de Rudi da época em que ele comandou a cidade já tinham sido recusadas pela 2ª Vara da Comarca de Amambaí, mas o político recorreu ao Tribunal de Justiça, em agosto, alegando que não houve direito a ampla defesa. Assim que o processo foi analisado pelo relator desembargador Eduardo Machado Rocha, houve suspensão da decisão e Rudi conseguiu concorrer à prefeitura.

Nesta terça-feira houve sessão de julgamento e a maioria dos desembargadores decidiu negar o recurso ao candidato, dessa forma, Rudi não poderá assumir o cargo de prefeito e novas eleições terão de ser convocadas.

Dourados Agora

Vídeos

  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz
  • Juvenil CTG Recanto da Laguna 27º FEGAMS

Agenda

Publicidade