24/02/2017 13h21

Quase 39 mil eleitores podem ter o título cancelado em MS

Foto: Divulgação/TSE Quase dois milhões de eleitores podem ter o título cancelado em todo o país; Estado de São Paulo tem o maior número de faltosos.

Campo Grande é o município do Estado com maior número de eleitores faltosos: 12.606. Em seguida, aparecem Dourados com 3.084 e Três Lagoas, 1.839 Corumbá, 1.692 e Ponta Porã, 1.514

 

 

Desde quarta-feira (22), os cartórios eleitorais em todo o país começaram a dar publicidade às relações de eleitores que deixaram de votar nas três últimas eleições e que podem ter o título de eleitor cancelado. O dados revelam que o número de eleitores faltosos é de 1.961.530 em todo o território nacional.

A lista com o nomes ficarão disponíveis nos cartórios eleitorais por, no mínimo, dez dias, com publicidade nos meios de comunicação. Os partidos políticos também devem ser informados.

Em Mato Grosso do Sul, 38.780 eleitores podem ter o título cancelado, já que eles não votaram nas últimas três eleições.

Campo Grande é o município do Estado com maior número de eleitores faltosos: 12.606. Em seguida, aparecem Dourados com 3.084, Três Lagoas, 1.839, Corumbá, 1.692 e Ponta Porã, 1.514. No País, o Estado de São Paulo tem o maior número: 529.818. No Rio de Janeiro esse número é de 261.335 eleitores e em Minas Gerais são 175.020. O Distrito Federal tem apenas cinco eleitores que podem ter o título cancelado.

Os eleitores que constarem na relação de faltosos deverão comparecer ao cartório eleitoral no período de 2 de março a 2 de maio de 2017 para regularizar sua situação. O cidadão deverá apresentar documento com foto que comprove sua identidade, título eleitoral e comprovantes de votação, de justificativa e de recolhimento de multa ou de dispensa de recolhimento.

O não comparecimento para comprovação do exercício do voto, da justificativa de ausência ou do pagamento das multas correspondentes implicará o cancelamento automático do título de eleitor, a ser efetivado de 17 a 19 de maio deste ano.

Cada turno do pleito é considerado uma eleição e a Justiça Eleitoral não expedirá nenhuma notificação ao eleitor informando sobre a pendência no cadastro eleitoral.

Municípios

Lista dos municípios sul-mato-grossenses e o número de eleitores faltosos:

Água Clara 360
Alcinópolis 67
Amambai 470
Anastácio 444
Anaurilândia 122
Angélica 176
Antônio João 110
Aparecida do Taboado 455
Aquidauana 724
Aral Moreira 117
Bandeirantes 54
Bataguassu 356
Batayporã 178
Bela Vista 228
Bodoquena 129
Brasilândia 283
Caarapó 373
Camapuã 170
Campo Grande 12.606
Caracol 73
Cassilândia 362
Chapadão do Sul 299
Corguinho 63
Coronel Sapucaia 164
Corumbá 1.692
Costa Rica 361
Coxim 565
Deodápolis 174
Dois Irmãos do Buriti 144
Douradina 47
Dourados 3.084
Eldorado 252
Fátima do Sul 221
Figueirão 38
Glória de Dourados 132
Guia Lopes da Laguna 148
Iguatemi 313
Inocência 154
Itaporã 266
Itaquiraí 374
Ivinhema 334
Japorã 61
Jaraguari 38
Jardim 227
Jateí 55
Juti 88
Ladário 268
Laguna Carapã 57
Maracaju 539
Miranda 408
Mundo Novo 271
Naviraí 903
Nioaque 187
Nova Alvorada do Sul 367
Nova Andradina 745
Novo Horizonte do Sul 49
Paraíso das Águas 90
Paranaíba 597
Paranhos 173
Pedro Gomes 123
Ponta Porã 1.514
Porto Murtinho 264
Ribas do Rio Pardo 440
Rio Brilhante 421
Rio Negro 66
Rio Verde de Mato Grosso 340
Rochedo 73
Santa Rita do Pardo 115
São Gabriel do Oeste 412
Selvíria 75
Sete Quedas 143
Sidrolândia 474
Sonora 278
Tacuru 134
Taquarussu 31
Terenos 187
Três Lagoas 1.839
Vicentina 46

O Progresso

Vídeos

  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz
  • Juvenil CTG Recanto da Laguna 27º FEGAMS

Agenda

Publicidade