25/07/2017 16h03

Indígenas dizem que vão manter ocupação das áreas

Eles buscam respaldo em um suposto documento que segundo eles daria condição de permanência no local, desde que ficassem 100 metros de distância das residências dos donos das propriedades

 

Grupo de indígenas que ocupa parte de sítios e chácaras dizem que vão manter ocupação de áreas. Eles buscam respaldo em um suposto documento que segundo eles daria condição de permanência no local, desde que ficassem 100 metros de distância das residências dos donos das propriedades.

O indígena Eric Mamede Rodrigues garante que há esse documento, elaborado por órgão de justiça. "Iremos levar amanhã para vocês", disse por telefone. "Vamos permanecer na área porque temos respaldo e só queremos aquilo que já foi nosso", reiterou. Não há processo de demarcação das terras e o impasse segue na justiça.

Eric critica a postura de indígenas da aldeia Bororó que se voltaram contra eles. "Índio contra índio, isso não pode acontecer", opinou. Ele é nascido e criado na aldeia Jaguapiru, em Dourados, e alegou ocupar os sítios por não haver mais terras em sua aldeia. Questionado sobre a presença de indígenas de outras cidades, alegou que no seu grupo há apenas índios de Dourados, mas confirmou a presença de mais grupos, índios da região.

O indígena da Jaguapiru disse ainda que durante confronto de domingo seu pai foi ferido e precisou ser encaminhado ao hospital. "Não queremos guerra. Estamos todos em família. Muitos de nós já tem plantação no local. Queremos paz", finalizou.

O Progresso

Vídeos

  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna
  • Invernada Juvenil do CTG Recanto da Laguna na Fenart 2017
  • Invernada Mirim classificada pra final da fenart 2017

Agenda

Publicidade