29/03/2017 13h45

Produtores já colheram 96% da área de soja em Mato Grosso do Sul

A região sul de Mato Grosso do Sul já colheu mais de 98% da área nesta safra de soja 2016/2017. Essa é a principal região produtora de grãos do Estado e a que se manteve à frente do procedimento de retirada da oleaginosa do campo na maior parte do ciclo. De acordo com o mais recente levantamento do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), ferramenta criada pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), em todo o Estado 96,4% da área já foi colhida.

As informações foram disponibilizadas nesta quarta-feira (29) pela entidade e estão disponíveis na íntegra na internet, na Circular Técnica n° 202, por meio de cadastro no link: www.aprosojams.org.br, na aba SigaWeb. Dos 22 municípios da região sul listados na Circular, apenas seis não concluíram a colheita.

A região norte aparece na sequência no ranking, com porcentagem média de área colhida de 94,4% e, a região centro, com 93,2% de área colhida. De acordo com o relatório, a colheita evoluiu de forma significativa entre os dias 18 e 24 de março. As chuvas ocorreram em menor volume e os produtores aproveitaram as condições climáticas favoráveis para conduzir os trabalhos de forma eficaz.

Evolução da colheita

Assim, na última semana, a evolução da colheita foi de aproximadamente 5,2% para o Estado, ou seja, cerca de 131.500 hectares foram colhidos neste período. Desta forma, a porcentagem de área colhida em MS nesta safra é superior em aproximadamente 3,5% na comparação com o ciclo 2015/2016 até o dia 24 de março.

Ainda na comparação com os dados da safra 2015/2016, estima-se até o momento que Mato Grosso do Sul teve neste ciclo 2016/2017 cerca de 2,5 milhões de hectares plantados de soja, o que representa aumento de 2,4% de área em relação à safra anterior, que antes era de 2,46 milhões de hectares.

Com isso, houve acréscimo de 7,4% em relação à projeção da produção do grão. Na safra 2015/2016 o volume final obtido foi de 7,601 milhões de toneladas e, agora, estima-se produção final de 8,165 milhões de toneladas. A estimativa de produtividade também teve acréscimo, de 4,9%, sendo que antes a projeção era de 51,5 sc/ha e, agora, é estimada em 54 sc/ha.

Plantio do milho

Em relação à 2ª safra de milho, 93% da área acompanhada pelo Siga MS já iniciou o plantio. Assim como em relação à colheita da soja, a região sul também está na dianteira no que diz respeito à semeadura do milho, com porcentagem média em torno de 95,1%. A região norte está com 95,5% de área plantada e, a região centro, com 89,5% de sua área semeada.

Para o milho 2ª safra 2016/2017, a estimativa é que o Estado tenha área de 1,800 milhão de hectares e a projeção é que o volume de grãos seja de aproximadamente 9,180 milhões de toneladas, com produtividade média estimada de 85 sc/ha.

Outras informações podem ser conferidas na íntegra na internet, na Circular Técnica n° 202, por meio de cadastro no link: www.aprosojams.org.br, na aba SigaWeb.

Dourados Agora

Vídeos

  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz
  • Juvenil CTG Recanto da Laguna 27º FEGAMS

Agenda

Publicidade