03/11/2016 10h09

Em 2016 número de mortos por Influenza foi maior que em sete anos

Foto: Divulgação A maior forma de prevenção é a vacina

O município com o maior número de mortes em 2016 é Campo grande com 27


Em 2016, 100 pessoas foram mortas pelo vírus Influenza em Mato Grosso do Sul, sendo 94 por H1N1. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgado na última semana.
Em sete anos, de 2009 a 2015, foram registrados 86 óbtos, 60 por H1N1. No boletim consta ainda que nos anos de 2010 e 2011 não há registro de óbitos pela doença.

A doença pode ser contraída por meio de secreções respiratórias, como gotículas de saliva, tosse ou espirro. Após ser contaminado pelo vírus, ela demora até quatro dias para apresentar o sintoma.

De acordo com informações do Dourados News, o município com o maior número de mortes em 2016 é Campo grande com 27, seguido de Naviraí com sete. Dourados, Jardim, Maracaju e Ponta Porã contam com quatro mortes cada.

Já Três Lagoas, Ivinhema, Caarapó, Bataguassu, Aquidauana somam três mortes cada município. Com dois óbitos cada estão Antônio João, Corumbá, Costa Rica, Laguna Carapã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia.

Capital News

Vídeos

  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz
  • Juvenil CTG Recanto da Laguna 27º FEGAMS

Agenda

Publicidade