28/06/2016 12h21

Municípios de MS compram vacina contra H1N1 com recurso próprio

Alguns municípios de Mato Grosso do Sul compraram doses da vacina com H1N1 com recurso próprio após registro de mortes por causa da doença. Em Água Clara, a vacinação foi retomada na última sexta-feira (24). O município que fica a 179 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, adquiriu 10 mil doses, informa o portal G1.

Apesar de ter tido uma morte e confirmado 28 suspeitas, o prefeito Silas José (PSDB) pretende vacina toda população – cerca de 13 mil pessoas. A partir desta segunda-feira (27), as pessoas podem procurar as unidades da Estratégia Saúde da Família (ESFs). Para ser imunizado é necessário apresentar algum documento que comprove residir na cidade.

Em Bataguassu, a vacina está disponível para professores e alunos nas escolas municipais, estaduais e particulares. A partir desta segunda-feira, eles podem se vacinar na Secretaria Municipal de Saúde, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Na cidade foram registradas duas mortes e sete casos confirmados em 2016.

Já a prefeitura de Naviraí, onde a doença assustou a população em maio, comprou 10 mil doses da vacina contra H1N1 e a imunização deve começar nesta semana. As vacinas já chegaram e a Secretaria de Saúde está organizando os lotes.

As vacinas serão destinadas para alunos e professores de colégios públicos e particulares. De acordo com o último boletim, são 71 casos confirmados da doença, além das sete pessoas que morreram por gripe A.

A campanha nacional contra influenza foi realizada do dia 30 de abril a 20 de maio. Mato Grosso do Sul recebeu 720 mil doses do Minitério da Saúde, mas em alguns municípios faltaram vacina como em Campo Grande onde os grupos das crianças até 5 anos e gestantes não atingiram a meta de 80%.

Assomasul

Vídeos

  • Com adversidades climáticas, produtividade média do milho está próxima de 45 scs/ha em Laguna Carapã (MS)
  • A face de quem produz
  • Juvenil CTG Recanto da Laguna 27º FEGAMS

Agenda

Publicidade